O mapa da violência no Brasil

O mapa da violência no Brasil

A violência aumentou.  Tem solução?

Como faz todos os anos, no dia 24 de fevereiro de 2011, o Ministério da Justiça divulgou o “Mapa da Violência no Brasil”. Segundo artigo publicado no site da CNBB, a violência no Brasil está crescendo.

Maioria jovens – “Os dados estão ali para serem conferidos: de acordo com o Ministério da Justiça, a causa principal da morte de pessoas entre os 15 e os 24 anos é o homicídio. Entre os anos de 1998 e 2008 – o período analisado –, ele foi responsável pela morte de 39,7% dos jovens, ao passo que, na população adulta, os óbitos por assassinato não passaram de 1,8%.”

Trânsito e suidcídio – “O “Mapa” se debruça também sobre as mortes por acidentes de trânsito e por suicídio. De acordo com as estatísticas, no mesmo período, a taxa de mortes no trânsito entre os jovens foi de 32,4% e, entre os adultos, 26,5%. Na mesma década, a taxa de suicídios na juventude aumentou 22,6%, passando de 1.454 em 1998, para 1.783 em 2008.”

Afrodescendentes – “Contudo, a bem da verdade, deve-se reconhecer que, em todos os Estados do Brasil – excetuado o Paraná –, as maiores vítimas da violência são os afro-descendentes. Assim, se entre os brancos as mortes caíram de 18.852 para 14.650, entre os negros seu número aumentou de 26.915 para 32.349. No Mato Grosso do Sul, seu porcentual não é diferente: os assassinatos de brancos diminuíram 15,4%, e dos negros cresceram 7,8%.”

Suicídio – “Quanto aos suicídios, o “Mapa” revela que, no Mato Grosso do Sul, seu crescimento foi espantoso, sobretudo entre os indígenas. Os dados mostram que, nestes últimos anos, a taxa de suicídios na população desse Estado cresceu 39,3%. Em 1998, o índice de suicídios foi de 5,6 casos por 100.000 habitantes, enquanto em 2008 essa relação passou para 7,8.”

Suicídio de indígenas – “O município de Dourados é o segundo do país em número de suicídios de indígenas. Ele só perde para Tabatinga, no Amazonas. Outras duas cidades da região estão no topo da lista: Paranhos e Amambai.”

Por que acontece tudo isto?  O que fazer para reverter esta situação?