União entre homem e mulher

União entre homem e mulher

A solidão não faz bem.  Será? Depende da solidão. A solidão que é afastamento das pessoas por incompatibilidades ou impossibilidade de convivência, não faz bem. “O Senhor Deus disse: ‘Não é bom que o homem esteja só.’” (Gn 2,18). Não adianta, desde a origem o ser humano é um ser social.

Semelhante – E os que optam por viver em solidão? É situação diferente: se optam por viver conscientemente, visando conseguir outro valor, como os monges, nada a opor. Mas quando a pessoa é excluída do convívio social por incompatibilidade, está recebendo o carimbo do fracasso em conviver. É uma solidão doída. “O Senhor Deus disse:  ‘Não é bom que o homem esteja só. Vou dar-lhe uma auxiliar semelhante a ele’” (Gn 2,18). Deus nos fez homem-mulher semelhantes. A semelhança chegou ao ponto de poderem formar uma só carne. Então as uniões homossexuais não realizam essa união plena? Conforme a natureza original, não, segundo aprendemos com a Igreja.

Casamento –  O homem e a mulher que se casam podem formar uma só carne. Até deixam a casa dos pais por esta meta.  “Por isso o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne” (Gn 2,24). Começam uma nova vida a dois. Contudo, as tentações continuam no caminho. “Quem repudia sua mulher e se casa com outra, comete adultério contra a primeira.   E se a mulher repudia o marido e se casa com outro, comete adultério” (Mc 10,11-12). Linguagem clara. Onde será que está na Bíblia que, após essa palavra de Jesus Cristo, o divórcio ainda seja permitido?

Igreja – Contudo ele acontece. Homem e mulher, julgam-no razoável em nome da felicidade: “E se houver incompatibilidade ao longo dos anos? Não se pode tentar ser feliz com outra pessoa?” A Igreja católica não admite, diante da interpretação literal dessa passagem bíblica. Ela defende a união carnal entre homem e mulher, mediante um matrimônio indissolúvel. O exemplo para essa união? A união de Cristo com sua Igreja.  “Para que santificador e santificados formem um só todo” (Hb 2,11). Formo um só com o Senhor? É a pergunta que não pode calar.

Irmãos – Os santificados… são irmãos de Jesus.  “Por isso, (Jesus) não hesita em chamá-los seus irmãos” (Hb 2,11). Irmãos não podem viver como desconhecidos. Formam um todo entre si. Se o forma como pessoas, muito mais como santificados. E as desuniões que existem entre os santificados? Sim, claro que são indesejáveis. Como conseguir essa unidade? Pela simplicidade.  A criança é simples, não discrimina, aceita. Assim também devem ser os santificados.  “Em verdade vos digo: todo o que não receber o Reino de Deus com a mentalidade de uma criança, nele não entrará.”  (Mc 10,15). Neste reino todos somos irmãos ao redor de Cristo

Os simples entrarão neste reino. Nele não há diferenças ou invejas,não há solidão, há unidade plena.  Não se vive em solidão. Por isso, desde aqui na terra, “não é bom que o homem esteja só”. Vale para o casamento e vale para a fraternidade. A solidão é a antítese da Trindade, que é união perfeita, apesar das três pessoas divinas serem distintas. Não é bom que a pessoa viva  só, sentindo-se excluida. Seu destino é viver a unidade, seja no matrimônio, seja com os irmãos.

Eu, diante da palavra

 
18 O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só…” (Gn 2,18).

Sou uma pessoa só?

Unirá à sua mulher:
“Por isso o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne” (Gn 2,24).

Como é a minha união com minha esposa ou meu esposo? E com meus irmãos, formo unidade?

Adultério
11 E ele disse-lhes: “Quem repudia sua mulher e se casa com outra, comete adultério contra a primeira.
12 E se a mulher repudia o marido e se casa com outro, comete adultério”
 (Mc 10,11-12).

Cometo adultério?

União
11 para que santificador e santificados formem um só todo. Por isso, (Jesus) não hesita em chamá-los seus irmãos. (Hb 2,11).

Formo um só com o Senhor?

Pequeninos

“4 Vendo-o, Jesus indignou-se e disse-lhes: “Deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se lhes assemelham. ” (Mc 10,14)
Tenho a simplicidade da criança?

Minha prece

Senhor, conto com tua graça para viver a unidade
no casamento,
Pois não é bom que o homem ou a mulher vivam só.
Concedei-me a graça da fidelidade
e a graça do amor pleno.
Com a tua tua graça,
eu possa viver também plenamente
o amor com os irmãos.
Que assim seja.