Jesus prepara ao discípulos

Jesus prepara ao discípulos

Jesus prepara os discípulos

A ascensão marca o encerramento da presença humana de Jesus na terra. Ele foi glorificado ao final de sua missão!Pode-se perguntar: Sua  missão de salvar o mundo terminou com a Ascensão? A dele, sim, mas a salvação do mundo continua.  Quem deverá continua-la?  Seus discípulos. Ele manda que, em seu nome, proclamem a todas as nações a boa notícia do perdão dos pecados, aliado ao arrependimento.  Precisam prosseguir destemidos na missão.

E o medo, que fazer com ele? Jogar fora. Jesus promete uma força do alto, o Espírito Santo. “Descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria e até os confins do mundo (At 1,8). Com Ele os discípulos terão coragem de anunciar e denunciar. Anunciar o que é necessário para a salvação e denunciar o que se faz de errado, como  por exemplo, a maldade, a busca desenfreada de interesses próprios, o ódio, o comodismo em relação à fé, as ambições de poder, o roubo, a falta de caridade. Realidades que precisam ser denunciadas como torpes.

Esperança. Após a morte de Jesus os discípulos já saíram a pregar? Não. Estavam temerosos. Precisavam ser preparados.  Jesus continuou, então, a prepará-los com suas aparições. Elas os deixavam perplexos.   Ficaríamos também, não? Certamente. Mas, ao final,  compreenderam que o Senhor havia ressuscitado e ele já estaria no lugar que ele foi preparar para os seus, como também a nós, se formos fiéis aos seus mandamentos:  “Que ilumine os olhos do vosso coração, para que compreendais a que esperança fostes chamados, quão rica e gloriosa é a herança que ele reserva aos santos (Ef 1,18). Os apóstolos, logo após a ressurreição, não havia compreendido essa herança.

Precisavam de tempo. Ao apresentar-se aos onze desejando-lhes a paz, Jesus surpreendeu. Eles ficaram “tomados de espanto e temor, imaginando que fosse um espírito”. Ficaram tão “perturbados e cheios de dúvidas em seus corações”, a ponto de Jesus insistir para que tocassem suas chagas e se certificassem (cf. 24,36-40). Que compreensívo o Mestre foi! Jesus estava confirmando a ressurreição que pregara. Permanece 40 dias entre os discípulos, ensinando-lhes sobre o reino de Deus, demonstrando o que ensinou.   Foi o  tempo propício para serem testemunhas qualificadas do que vivenciaram e presenciaram. Não estavam, entretanto, preparados para prosseguirem a missão. Permaneciam num estágio de imaturidade espiritual. Necessitavam de ajuda. Eu vos mandarei o Prometido de meu Pai; entretanto, permanecei na cidade, até que sejais revestidos da força do alto” (Lc 24,49). As realidades se aclarariam.

Diante dessas dificuldades, que faz Jesus? Enquanto o anunciado Espírito não vinha,  pediu que os discípulos permanecessem em Jerusalém, onde se deu o acontecimento salvador de sua morte e ressurreição.  Ali receberiam o Espírito Santo, como testemunhas oculares de sua ascensão e glorificação.  Reunidos seriam transformados. Ele lhes daria o que era necessário para saírem pelo mundo pregando. ‘”Enquanto os abençoava, separou-se deles e foi arrebatado ao céu’ (Lc 24,51)Acontecia a ascensão.

Terminava o preparo dos discípulos para a recepção do Paráclito. Ele  transformou  os apóstolos em ardentes missionários.  Que ele nos prepare para nossa missão a fim de sermos missionários no local onde vivemos e possamos merecermos a glorificação.

Eu, diante da Palavra:

Ocultou-se
9Dizendo isso elevou-se da (terra) à vista deles e uma nuvem o ocultou aos seus olhos.. (At 1,9)

Percebo a presença de Jesus embora esteja oculto aos olhos?

Revestidos de força
49Eu vos mandarei o Prometido de meu Pai; entretanto, permanecei na cidade, até que sejais revestidos da força do alto (Lc 24,49).

Estou utilizando a força do Espírito que recebi no dia do Batismo?

Herança dos santos
18 que ilumine os olhos do vosso coração, para que compreendais a que esperança fostes chamados, quão rica e gloriosa é a herança que ele reserva aos santos (Ef 1,18).

Estou vivendo de acordo a merecer a herança dos santos?

  Minha prece

Por entre aclamações vós vos elevastes, Senhor,
mas, continuais  no meio de nós.
Que vossa força nos mova para darmos testemunho de vós
em nosso dia a dia.
Vós reinais sobre todas as nações,
estais sentado em vosso trono glorioso.
Que reineis no coração de cada um de nós!