Humildade e serviço

Humildade e serviço

 Humildade e serviço

O mundo precisa de operários do bem. Não de qualquer operário, mas daqueles que trabalham para tornar o mundo melhor. Estes não fazem questão de holofotes, de mídia, de anúncio para todos sobre o que estão fazendo. Você conhece pessoas assim?

Prestar serviços. São prestadores de serviços espirituais, como Maria. Que fez ela depois que concebeu Jesus? Saiu apressadamente para a casa de sua prima Isabel, que morava a cerca de 7 km. Que foi fazer lá? Desejava congratular-se com ela e também prestar-lhe serviços, pois estava grávida de João Batista. Veja só: congratular-se e prestar serviços. É o que as pessoas em geral fazem? Não. Comumente as pessoas gostam de se congratular e param aí. Maria fez diferente. Foi manifestar sua alegria à prima e ajudá-la. O Verbo encarnado foi santificar o futuro precursor.[1] Bonito, não?  O mundo também precisa ser santificado.

Libertar da maldade. Quem irá libertá-lo da maldade que é praticada todos os dias, na maioria dos lugares?  Nós. Cabe a nós fazermos nossa parte para continuar a missão de Cristo.

Já imaginou quantos assassinatos são cometidos, quantos furtos, quantas brigas em famílias, quanta  desonestidade acontece todos os dias?  São pecados que, por vezes, nem são vistos como tais. Libertemo-nos de todo o impedimento e do pecado que nos cerca e corramos com perseverança para o combate que se apresenta diante de nós (Hb 12,1-2). Ele está à nossa volta.

Não precisamos ir longe para ver o mal que está sendo feito. Observe os relacionamentos, as tentativas ardilosas de suplantar os outros, a falta de respeito com o próximo, a maledicência. Existe carência de pessoas que ajam de modo diferente. Onde estão essas pessoas?

Reconhecer pelo modo de agir.  Precisam ser identificadas pelo que fazem.  Isabel reconheceu por inspiração do Espírito Santo,  o mistério que Deus operou em Maria.  O precursor exultou de alegria no seio da mãe, quando chegou Maria.[2]   Ela foi percebida por ele. As pessoas de bem são reconhecidas porque o Espírito Santo as conduz e as revela. Elas têm uma conduta diferente.

Denunciam.  De que modo? Pelo modo correto de agir.  Não agem como os que não se importam em fazer o mal. São um fósforo aceso riscado na escuridão.  Sua conduta questionadora incomoda como Jesus: Pensais que Eu vim estabelecer a paz na terra? Não. Eu vos digo que vim trazer a divisão (Lc 12,49-50). Há divisão entre os bons e os mau; os que agem de modo deletério e os que pensam que são exemplares; entre os que falam e os que fazem. São atitudes opostas. O mal precisa ser denunciado com atitudes corajosas e  humildemente.

Exaltação da humildade. Ela fala alto porque, por seu intermédio, a força de Deus aparece.  Lembra o que é enaltecido no cântico de Maria? A humildade. O tema principal deste canto é a  bondade de Deus que exalta a pequenez. Maria prediz que todas as gerações a chamarão de bem-aventurada.  Acertou. De fato, assim ela é considerada.

Apesar de ser a Mãe de Deus, Maria não se recolheu na sua exaltação. Correu a ajudar a prima. Não se sabe se o seu retorno se deu antes ou depois do nascimento de João.  Presume-se que depois.[3]
Enfim, o mundo precisa de operários como  Maria: que exaltem o Senhor, são humildes, ajudam os outros. Essas pessoas são importantíssimas. Através delas Deus continua a redenção do mundo. Você aceita continuar essa tarefa?

 Eu diante da Palavra

Mulher vestida de sol:
12,1  Então apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida de sol,
tendo
a lua debaixo dos pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas  (Ap 12,1)

Que lugar ocupa Maria em minha vida?

Menino:
2 Estava grávida e gritava em dores de parto,
atormentada
para dar à luz  (Ap 12,2)

Maria deu Jesus à luz do mundo. Eu também dou?

Todos reviverão
22Como em Adão todos morrem,
assim
também em Cristo todos reviverão.
23Porém, cada qual segundo uma ordem determinada:
Em
primeiro lugar, Cristo, como primícias;
depois,
os que pertencem a Cristo,
por
ocasião da sua vinda.
24A seguir, será o fim,
quando
ele entregar a realeza a Deus-Pai, depois
de
destruir todo principado e todo poder e força. (2Cor 15,22-24)

Todos reviverão no fim, segundo uma ordem determinada: Cristo; depois os que pertencem a ele; depois, os outros. Estarei entre quais?

 Minha prece

Maria, minha mãe,
Ajudai-me a prestar auxílio aos meus irmãos,
Sem pedir nada em troca.
Ajoelhado diante de vós,
Suplico vossa bondade de mãe,
Para que em tudo eu possa buscar
A exaltação de Deus e não  a minha.
Ó Maria, amparai-me com vosso exemplo
E vossa bênção materna.

 


[1]
         [1]          Bíblia Paulinas, nota em Lc 1,39-40.

[2]
         [2]          Bíblia Paulinas, nota em Lc 1,41-45.

[3]
         [3]          Bíblia Paulinas, nota em Lc 1,56.